Identificada proteína promissora para tratamento da doença de Alzheimer


Conhecida como GPR3, a proteína pode, segundo o estudo feito com ratinhos, impedir a acumulação de fragmentos da proteína beta-amiloide no cérebro, que afeta a comunicação normal entre os neurónios. A formação de placas amiloides no cérebro é considerada a principal causa da doença de Alzheimer, que não tem cura.

Ler mais.

Notícias //
Arquivo
Tags

© 2019 por Personalizar